Leia outros Devocionais...

Prepare o seu solo (30/10/2011)

Como você se comporta enquanto alguém ministra a Palavra de Deus? Você costuma se divertir no celular e fica olhando o tempo todo para as outras pessoas? Talvez você prefira pensar no que você terá para fazer no outro dia, ou ainda tentar descobrir qual foi o resultado do jogo do seu time. Outros ainda preferem ficar para o lado de fora igreja para conversar com os amigos da igreja.

Para cumprir um rito religioso, as pessoas que agem dessas formas frequentam as reuniões para que sejam abençoadas por Deus, como se Ele precisasse disso. Esse hábito de frequentar mas não participar não produz nenhum resultado, além da sensação de consciência limpa por ter ido à igreja. As pessoas estão INDO à igreja enquanto Cristo nos chamou para SERMOS igreja.

As pessoas que agem de formas semelhantes a essas nunca experimentarão a transformação de Deus em suas vidas, porque não permitem que a semente de Deus, que é a Sua Palavra, caia em seus corações e frutifique.

A Palavra de Deus é e sempre será uma boa semente, porque ela viva e eficaz (Hebreus 4:12), porém o que define se irá frutificar ou não é o solo, que é o nosso coração. Jesus ensinou isso na parábola do semeador (Mateus 13:1-23).

Jesus falou sobre 4 situações em que a semente foi semeada: (1) ao pé do caminho, (2) entre os pedregais, (3) entre os espinhos e (4) em boa terra. Somente em uma das situações é que a semente frutificou, quando caiu em boa terra. Jesus usou a analogia da semeadura porque era mais fácil para as pessoas da época compreenderem, mas ele ainda explicou aos discípulos o significado da parábola.

Quando ouvimos mas não damos atenção à Palavra de Deus, é como se ela caísse ao pé do caminho, de forma que logo vem o maligno e rouba-a de nós para que não frutifique em nossas vidas. É necessário meditar, estudar e dedicar tempo à Palavra de Deus.

Quando recebemos a Palavra de Deus mas não a regamos continuamente meditando nela, logo a abandonamos quando nos angustiamos ou ficamos ansiosos. Nesse caso, a Palavra cai entre os pedregais.

Se recebemos a Palavra de Deus com atenção, meditamos continuamente, mas não a obedecemos, permitimos que os espinhos a sufoquem. Os espinhos são as preocupações com as riquezas deste mundo e a escolha de priorizar o que queremos no lugar da vontade de Deus. É necessário priorizar a Palavra de Deus.

No entanto, se ouvirmos a Palavra de Deus com atenção, meditarmos nela continuamente e a obedecermos, então permitiremos que produza em nossas vidas os frutos do Espírito, que são: o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e o domínio próprio (Gálatas 5:22-23).

A Palavra de Deus nunca mudará, de forma que sempre será transformadora. O que interfere no resultado da Palavra de Deus em sua vida é a forma como você a recebe.

Prepare seu solo todos os dias para receber a Palavra de Deus!



Leia outros Devocionais...
Cadastre-se gratuitamente para receber novos estudos em seu e-mail

Cadastre-se
Fechar



Quer receber estudos por e-mail?
Sim    Não
Envie um comentário ou pergunta
Escrever      Fechar