Leia outros Devocionais...

Aprenda a agir como águia (17/11/2011)

A Palavra de Deus contém diversos símbolos e diversas figuras que transmitem uma mensagem muito mais ampla do que o significado literal de uma palavra. Uma das figuras utilizadas em vários livros da Bíblia é a águia.

Na Terra Santa, há inúmeras variedades de águias, incluindo a águia imperial e a dourada. De constituição robusta, têm asas fortes; seus movimentos revelam agilidade e força. Seu bico característico em forma de gancho se constitui instrumento eficaz para dilacerar e matar sua presa. Pernas e garras pequenas e poderosas capacitam-na a aplicar um aperto intenso numa vítima batalhadora. As garras curtas têm pontas afiadas e cortantes.

Confrontados por essas qualidades impressionantes, os autores bíblicos observaram a águia com respeito e admiração (Jó 39:27-30; Provérbios 30: 18-19). Para Jeremias e outros profetas a águia é a síntese da rapidez (2 Samuel 1:23; Jeremias 4:13). A Bíblia cita sua força e invencibilidade quase sempre com relação a poderosas nações que atacaram Israel (Ezequiel 17:3).

Diante das adversidades, dos desafios que enfrentamos e dos problemas que precisamos solucionar, podemos escolher agir como uma galinha ou como uma águia. Não entendeu? Vamos às comparações. A galinha é uma ave, mas não voa; possui olhos laterais, come restos, é domesticável (conforma-se), é medrosa, sujeita-se a ficar presa, enxerga somente de dia e faz seu ninho de pena e capim no chão.

A águia voa alto, é caçadora, possui olhos frontais, não se alimenta de nada que esteja em decomposição, é corajosa, não aceita ficar presa (é livre), faz seu ninho de pena, capim e espinhos nos penhascos ou nos topos das árvores.

A águia não lida apenas com capim e suas penas, ela sabe lidar também com os espinhos. Além disso, as águias avistam suas presas desde longe, lá do alto, conforme foi observado por Jó (Jó 39:28-30).

Assim como as águias, é necessário que mantenhamos o foco com olhos frontais para que não percamos tempo preocupados com as circunstâncias ao redor.

Além de lidar com os espinhos para construir o ninho, a águia possui outra característica admirável. Quando surge uma tempestade, a águia sai para voar, a fim de se fortalecer. Isso não parece uma tarefa fácil, porque enfrentar uma tempestade exige suportar a dor e persistir sempre. Como você reage nas adversidades? Você se enfraquece ou se fortalece?

Lance seus sonhos e suas expectativas em Deus, porque "os que esperam no Senhor renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão" (Isaís 40:31). Assuma a mesma direção que Josué recebeu de Deus: "Esforça-te e tem bom ânimo; não pasmes, nem te espantes, porque o Senhor, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares." (Josué 1:9).

Confie em Deus para deixar de agir como galinha e aprender a agir como águia.



Leia outros Devocionais...
Cadastre-se gratuitamente para receber novos estudos em seu e-mail

Cadastre-se
Fechar



Quer receber estudos por e-mail?
Sim    Não
Envie um comentário ou pergunta
Escrever      Fechar